Relação de Pais e Filhos

Tem uma relação difícil com os seus filhos?


Por vezes encontramos pais que se mostram indiferentes aos seus filhos, indiferença essa que mais tarde será convertida em rejeição e que vai levar a uma difícil convivência entre pais e filhos.
Quais as atitudes paternas que não favorecem as atitudes amistosas dos filhos:
Pais que não sabem nada dos filhos e que mal lhes dedicam do seu tempo.
O pouco tempo de convivência terá como consequência o facto de os filhos não verem a sua cada como um lar;

Pais dominadores, autoritários, excessivamente severos e exigentes.
Essas atitudes vão contribuir para que os filhos se tornem impulsivos e agressivos, e em outros para que desenvolvam personalidades inseguras e instáveis. Estas características vão dificultar a adaptação aos grupos de brincadeiras, de estudo e à vida de amizade;

Pais super protectores.
Pais que oferecem aos filhos mais ajuda do que eles precisam pode tornar a criança excessivamente dependente dos outros, não desenvolvendo a capacidade de valer-se por si: não sabe iniciar actividades próprias nem lutar para vencer as dificuldades que se lhe apresentam.

Pais permissivos.
Pais que deixam os seus filhos agir em função dos caprichos de cada momento, vai levar a que os filhos se tornem egoístas e fracos, não sabendo aceitar as frustrações de um desejo, levando-os a reagir de uma forma impaciente e agressiva.

Pais frios.
O facto de não dar mostras de carinho e afecto aos seus filhos vai fazer com que eles reajam com a mesma indiferença e frieza com que foram tratados em casa. Costumam ser crianças tristes, pouco cordiais, que têm dificuldades de relação com os outros.

Para favorecer a capacidade dos seus filhos à convivência terá que existir atitudes harmónicas e satisfatórias entre os esposos, pais, filhos e irmãos. Se as relações familiares são adequados, os filhos conseguem adaptar-se muito mais facilmente à convivência social fora de casa. Deverá também que amá-los… e não basta o amor teórico… os filhos necessitam de expressões concretas desse amor dos pais todos os dias. Os pais afectuosos ajudam os filhos a ter confiança em si mesmos.
(C) 2011 diadamae.info